The Zanibar Aliens: a banda jovem mais rock ‘n’roll do país

Publicado em 11 Abril, 2016 Por...Mafalda Matos » Bandas de Portugal, Slider
The-Zanibar-Aliens

 

 

 

Depois do single “Bongsmoker”, surge agora o 2º single “Baby I Can’t Let You Go”. O disco de estreia da banda “Bela Vista” tem data de lançamento no dia 15 de Abril de 2016.

 

“Quem disse que o rock estava morto? Quem disse que já ninguém pega numa guitarra como se fazia nos bons velhos tempos? Quem alguma vez pensou assim, é melhor preparar-se, pois chegaram os fantásticos Zanibar Aliens que pretendem arrasar este
cantinho mais ocidental da Europa.
Vindos do remoto planeta Zanibar, estes alienígenas são almas velhas em corpos pueris. Estiveram muitos anos a ver-nos ao longe, a ouvir-nos, a observar todas as mudanças que fomos tendo, e não aguentaram mais. Tinham de fazer qualquer coisa sob pena deste planeta estar perdido de vez. O rock estava a morrer e isso não podia acontecer. Era tempo de fazer algo.
Visitaram-nos pela primeira vez no festival Optimus Alive, em 2013, sendo que no ano seguinte enviaram-nos os seus primeiros sinais, na forma de um EP. Começou a criar-se  um burburinho. Algo estava a acontecer. Começámos a ouvir um som que já não nos era habitual. Guitarra com personalidade, bateria com pujança, um baixo ritmado e uma voz feroz. Seria algo verdadeiro ou apenas mais uma teoria da conspiração?
Os meses foram passando e eles andavam entre nós, disfarçados nestes corpos tão frágeis de pele e ossos, uma terrível capa para mentes tão avançadas como os habitantes de Zanibar. Foram dando concertos um pouco por todo o país, fazendo despertar a acendalha do velho Rock, mas era necessário algo mais. Os terrestres ainda estavam dormentes…
Este ano de 2016 marcará o tempo em que se mostrarão a Portugal inteiro e, finalmente, a mensagem que já anda a circular há uns tempos, chegará. O Rock precisa de ser acarinhado, mas sobretudo se for bem tocado, e os Zanibar Aliens são os seus
embaixadores.
Imaginem-se em 1968/69, quando começaram a despontar as grandes bandas do Blues-Rock como os Cream, Led Zeppelin, Black Sabbath, MC5, a altura em que o Rock começou a tornar-se maior do que a vida, a encher estádios, a criar heróis de guitarra em punho, monstros da bateria. Este é o universo que os Zanibar criaram para si e querem partilhar connosco, simples terrestres. Basta ouvir o início do disco com “Baby I Can’t Let It You Go”, música tão boa do primeiro EP que teria de fazer parte deste disco. A melhor música que os Led Zeppelin nunca gravaram, e isso diz tudo.
Ao todo são oito músicas, 33 minutos e muito Rock n’ Roll, o suficiente para se porem de bicos dos pés e ombrearem com os gigantes que serviram de inspiração.
Zanibar é um portento de som trazido por cinco rapazes entre os 18 e os 20 anos, que mais parecem ter sido congelados durante décadas e voltado para vos trazer o melhor do Rock do fim dos anos 60 e início dos 70.
Carl Fernandes, Filipe Fernandes, Martim Seabra, Ricardo Pereira e Diogo Braga são os alienígenas de Zanibar e prometem deixar todos estarrecidos com o seu som, sejam os ouvintes humanos ou extra-terrestres. Sim, porque a tocar tão bem com esta idade, só podem mesmo ser de outro mundo!”
Frederico Batista

Comentários fechados