Peter Broderick em Coimbra

Publicado em 5 Outubro, 2014 Por...Mafalda Matos » Slider

Qualquer mapa que pretenda documentar os territórios da música independente terá de forçosamente fazer constar as coordenadas de Portland. A cidade mais “verde” dos EUA não tem sido só amiga do ambiente, sendo também reconhecida pela emergência de uma vasta geração de músicos que encontraram na figura de Peter Broderick um dos seus mais destacados representantes.

Dinamizador e colaborador habitual de propostas locais como Horse Feathers, She & Him, Laura Gibson, M.Ward ou Dolorean, são igualmente incontáveis os projectos para além das fronteiras do estado do Oregon nos quais se veio a envolver ao longo dos anos mais recentes, destacando-se os dinamarqueses Efterklang e a proposta Oliveray, na qual encontrou um seu preferencial parceiro musical, Nils Frahm.
Responsável por uma extensa discografia, que inclui música para cinema e trabalhos como produtor, é no seu longo percurso a solo que encontramos a rara e exploratória versatilidade instrumental que lhe permite viajar das teclas de um piano ao violino, passando entretanto por uma multiplicidade de outros instrumentos (suscitando a dúvida se existe algum que não consiga tocar). A este virtuosismo técnico alia ainda uma voz plena de compromisso, percorrendo composições de enorme sensibilidade melódica.
De regresso a Coimbra, por onde há alguns anos passou na companhia de Nils Frahm, Peter Broderick apresentará um novo EP, na antecâmara de “Colours of the Night”, o próximo longa duração, com edição agendada para a Primavera de 2015. Acompanhado de uma banda, fica a promessa de uma noite irrepetível e a certeza da descoberta de um dos maiores nomes da actual música independente.

Na primeira parte actua Sumie, artista de ascendência nipónica e escandinava que assina pela Bella Union, a editora de Broderick. Em concerto, apresentará material do seu primeiro trabalho, produzido por Nils Frahm, destacando-se a simplicidade e a depuração das suas composições, marcadas por um registo folk e pelas contribuições do autor germânico.

 

sexta, 10 . outubro . 2014 . 22h00
CAV – Centro de Artes Visuais (Coimbra)

 

 

Comentários fechados