MÍSIA comemora 25 anos de carreira discográfica com

Publicado em 22 Outubro, 2016 Por...Jorge Silva Medeiros » Curtas, Multimédia, Slider, Top

misia

 

A 18 de Novembro é editado o novo disco de Mísia, marcando o regresso de uma das intérpretes de Fado, “Do Primeiro Fado Ao Último Tango” reúne pela primeira vez num só álbum as canções de eleição de Mísia, escolhidas de entre o imenso rol de notáveis composições desta artista.
Com a edição do álbum “Mísia”, em 1991, começa aquilo a que, segundo o jornalista e escritor Manuel Halpern, virá a chamar-se o Novo Fado, escrevendo ele no seu livro “O Futuro da Saudade”, sobre o renascimento do fado: “… A delimitação temporal é sempre difícil. Mas, se nos forçássemos a marcar uma data para o início do Novo Fado, seria Março de 1991, época em que Mísia lança o seu primeiro álbum. Tudo o que está antes é uma espécie de pré-história”.
Através de uma selecção feita pela própria Mísia, “Do Primeiro Fado Ao Último Tango” leva-nos numa viagem extraordinária pela sua já longa mas sempre brilhante carreira. Esta viagem permite-nos revisitar “Mísia” – 1º disco de Mísia e que comemora este ano o 25º aniversário da sua edição – “Fado”, “Tanto Menos Tanto Mais”, “Garra dos Sentidos”, “Paixões Diagonais”, “Ritual”, “Canto”, “Drama Box”, “Ruas, Lisbonarium & Tourists” e “Senhora da Noite” sem esquecer os recentes “Delikatessen Café Concerto” e “Para Amália”.
  Vinte e cinco anos depois da edição do seu primeiro disco a história de Mísia faz-se de uma mão-cheia de grandes álbuns e de concertos invariavelmente memoráveis um pouco por todo o mundo. E depois há canções que se tornaram um pouco parte de todos nós. As que aqui se recordam no alinhamento desta colectânea são por isso parte da história do Fado dos últimos 25 anos.

 

 





Editor de música Jorge Medeiros tenta saber e dizer algo sobre cultura do Mundo. Vive principalmente de radio e da sua fina cabeça, também da internet e do seu site de musica.

Comentários fechados