João Pedro Pais e Jorge Palma juntos no Rock in Rio

Publicado em 7 Abril, 2014 Por...Jorge Silva Medeiros » Musica, Próximos Eventos

Agência-Zero

 

Mais um dueto especial no Palco Mundo, entre João Pedro Pais e Jorge Palma, no dia 1 de junho. Nesse dia os concertos no Palco Mundo terão início 30 minutos antes da hora prevista para os restantes dias, e arrancam com Kika, autora do sucesso “Guess It’s Alright”, uma estreia absoluta no Rock in Rio-Lisboa.
Os portugueses juntam-se assim para completar o cartaz do último dia do evento, que conta já com as atuações confirmadas de Justin Timberlake, Jessie J e Nile Rodgers e os Chic.
João Pedro Pais, este lisboeta de gema conta já com mais de 15 anos de carreira, repleta de sucessos e salas lotadas. Temas como “Ninguém (é de ninguém)” e “Louco (por ti)”, que fazem parte do primeiro disco, lançado em 1997, são ainda hoje recordados e cantados pelo público durante os seus concerto. Com o disco Falar por Sinais, em 2001, atingiu a platina. Este reconhecimento nacional serviu de impulso para que, em 2003, fosse convidado por Bryan Adams para o acompanhar na sua tournée Ibérica.
Ao longo dos anos, com oito discos editados, duas platinas e muitos recordes nacionais de vendas, João Pedro Pais já partilhou o palco com grandes nomes como Pedro Abrunhosa, Jorge Palma, Zé Pedro (Xutos & Pontapés) e Mafalda Veiga. Com uma sonoridade entre o pop e o rock, as suas músicas são frequentemente ouvidas nas rádios e em bandas sonoras de telenovelas nacionais.
A partilhar o palco com João Pedro Pais, estará o incontornável ícone da música portuguesa, Jorge Palma, que regressa assim à Cidade do Rock, depois de ter marcado presença nas últimas três edições. Em 2008, atuou ao lado de Tim, dos Xutos & Pontapés, em 2010, partilhou o palco com Zeca Baleiro, num dueto inédito e, em 2012, foi a vez de subir ao palco com os amigos de longa data, Luís Represas e João Gil, com quem já colaborou por diversas vezes.
Ao longo dos mais de 40 anos de carreira, editou inúmeros discos. A solo, em compilações ou com os diversos projetos que integrou, como o Palma’s Gang e os Rio Grande, Jorge Palma é já um artista consagrado e com uma obra amplamente valorizada, tanto pelo público como pela crítica.
O disco Bairro do Amor (1989) foi considerado, pelo jornal Público e pelo Diário de Notícias, um dos melhores álbuns da música portuguesa do século XX. A colectânea Dá-me Lume superou as 30 mil cópias vendidas. Com Jorge Palma, em 2001, atingiu o 3º lugar do top nacional, na primeira semana, e foi disco de prata. Este trabalho valeu-lhe ainda o prémio José Afonso e duas nomeações para os Globos de Ouro.
 
Palco Mundo abre meia hora mais cedo para receber Kika
Uma das jovens revelações mais promissoras dos últimos tempos, Kika continua a dar cartas no mundo da música. Depois do sucesso de “Guess It’s Alright”, que a catapultou para a fama em 2013, e de dar voz ao tema que acompanha a campanha publicitária da EDP, “Can’t Feel Love Tonight”, a jovem portuense sobe agora ao Palco Mundo, para abrir as hostes do dia 1 de junho.
Apesar da tenra idade, Francisca Osório de Castro, mais conhecida por Kika, conseguiu chamar a atenção de Red One, o conceituado produtor que já trabalhou com grandes nomes como Lady Gaga, One Direction e Michael Jackson, e que a apresentou como a futura grande estrela da pop.

 

Foto: Agençia Zero


Editor de música Jorge Medeiros tenta saber e dizer algo sobre cultura do Mundo. Vive principalmente de radio e da sua fina cabeça, também da internet e do seu site de musica.

Comentários fechados