Está viciado e a Netflix sabe porquê

Publicado em 21 Setembro, 2016 Por...Mafalda Matos » Curtas, Multimédia, Netflix, Slider
fds
A Netflix revela a lista de episódios que captaram a atenção dos assinantes e os viciaram * nas séries e, ao que parece, nada une o mundo de forma mais unânime do que mistérios empolgantes, amor entre jovens, dramas familiares e comportamentos criminosos. Ah, e cães, também…
 
O serviço de televisão por Internet líder mundial alargou o âmbito da pesquisa do ano passado para estudar mais 30 séries** a nível global (com visualização em seis continentes) para apurar qual o episódio que transformou os espetadores ocasionais em viciados, concretamente, qual o episódio a partir do qual 70% dos espetadores viram a série até ao final da temporada. Nesta pesquisa, a Netflix concluiu que o comportamento de visualização, e dos fãs dedicados, é universal. Independentemente do local onde vivem, da Argentina ao Japão, os membros não só ficam viciados com episódios semelhantes, como se identificam com enredos semelhantes.
 
O medo do desconhecido ensombrou os espetadores em Stranger Things (Onde estão Will e Barb, e o que é um Demogorgon? –  episódio 2) e enfeitiçou-os em American Horror Story: Murder House (Os mortos andam à solta na Noite de Halloween – episódio 4). O submundo da corrupção política, seja a sede de poder de Pablo Escobar na Colômbia ou a luta de Robert Taro para o manter em França, viciou os membros em Narcos e Marseille a partir do terceiro episódio. Sem grande surpresa, o fascínio pela criminalidade prendeu os membros a The Fall (Paul Spector prova que o homicídio não é um desporto para espetadores – episódio 2), Prison Break (Michael apercebe-se de que sobreviver na prisão é mais difícil do que escapar dela -episódio 3) e Making A Murderer (Brendan Dassey é interrogado – episódio 4).
 
Dito isto, nem todos os momentos viciantes foram negros ou mortíferos. O amor foi a chave que abriu os corações dos espetadores a Tal Mãe, Tal Filha (o primeiro beijo de Rory – episódio 7), Jane the Virgin (Jane reata a chama de uma velha paixão – episódio 7) e Anatomia de Grey (Meredith tem um encontro escaldante com Dr. McDreamy num elevador – episódio 2). As relações familiares despertaram o interesse dos subscritores que assistiram a The Get Down (o futuro de Mylene parece ser brilhante como um sol, mas a relação com o seu pai mete dó – episódio 2), Club de Cuervos (Chava inviabiliza os planos da dinastia Iglesias no mundo do futebol – episódio 4) e The Ranch (a única coisa maior que o ego de Colt é a teimosia de Beau – episódo 3). Um misto dos dois foi o que melhor funcionou para Fuller House, quando o cãozinho Cosmo reúne o clã Tanner no quarto episódio.
 
“Acreditamos que as grandes histórias têm o seu quê de universal. A Internet permite-nos partilhar estas histórias com uma audiência global e o que os dados nos dizem é que os nossos membros reagem de forma muito semelhante”, disse Cindy Holland, vice-presidente de conteúdos originais na Neflix. “Aquilo que descobrimos deu-nos a confiança de que há uma procura por conteúdos únicos e originais por todo o mundo, razão pela qual estamos muito empolgados com a variedade de histórias que oferecemos aos nossos membros, sejam elas dramas políticos em França ou dramas musicais no Bronx”.
 
Metodologia:
Os dados para esta pesquisa foram obtidos através das contas de membros Netflix que começaram a ver a primeira temporada das séries selecionadas, entre janeiro a agosto de 2015 para Argentina, Austrália, Brasil, Bélgica, Canadá, Colômbia, Chile, Dinamarca, EUA, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, México, Noruega, Nova Zelândia, Países Baixos, Peru, Reino Unido e Suécia, e entre janeiro a agosto de 2016 para África do Sul, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Filipinas, Hong Kong, Índia, Itália, Japão, Malásia, Polónia, Portugal, Singapura, Taiwan e Turquia. Aquilo que define um episódio viciante é quando 70% dos espetadores que o viram acabaram por completar a primeira temporada dessa série. Episódios viciantes foram primeiro identificados por país e a média foi calculada para criar o episódio viciante global. O episódio viciante não tinha qualquer correlação com o número total de visionamentos ou o atrito de temporada. Embora a pesquisa Netflix tenha confirmado episódios, não indicou elementos específicos do enredo.
 
** Nem todas as séries estão disponíveis em todos os países

 

 

hooked_pt

Comentários fechados