Entrevista com Joana França

Publicado em 27 Novembro, 2014 Por...Jorge Silva Medeiros » Entrevista, Slider
Desde muito cedo que começou a pisar os palcos no teatro, passando também pela televisão,  é a vocalista da banda portuguesa de Pop/Rock “Pluma”, e conta com temas interpretados para as bandas  sonoras de várias novelas da TVI.  “Try” é o primeiro single de estreia a solo e estará disponível nas plataformas digitais no dia 01 de dezembro, a MT falou com a cantora.
Como foi o início de carreira de  Joana França?
Comecei muito pequena a cantar. Gravei um pequeno trabalho discográfico, participei em festivais infantis e a primeira participação, a representar, que fiz em televisão tinha apenas 6 anos, na série Trapos e Companhia.

Que músicos ou correntes musicais influenciaram ao longo do percurso?

A minha maior influência são os géneros de música soul , funk, pop e gospel.
“Try” é o primeiro single de estreia a solo, o que podemos contar neste trabalho?
Com a maior dedicação, profissionalismo e amor pela música, possível. Este projeto meu, a solo, pretende trazer o que tenho de mais profundo para partilhar com o mundo. A música que me faz respirar e letras que sejam fortes o suficiente para dar um input positivo e transformador na vida das pessoas.
O percurso de Joana França foi pautado por muito esforço e dedicação. Valeu a pena?
Sim, muitos esforços e dedicação, sem dúvida. Vale sempre a pena quando sabemos que é esse o nosso propósito no mundo. Que estamos a lutar por algo que nos faz feliz e que não prejudica ninguém à volta.
Em termos de agenda, quais as perspetivas para os próximos tempos, em particular para os concertos?
Para concertos ainda nada existe. O tema sai oficialmente dia 1-12-2014. No entanto estamos em estúdio a compor as restantes músicas que fecharam o EP que quero lançar em 2015. Estou também a fazer a pré-produção do videoclip do Try. As filmagens iniciam ainda este ano.
Que pensas sobre o panorama musical nacional?
Estamos a ter uma reviravolta de música em Portugal. E boa (risos). Muito projetos novos, que trazem algo de novo, e bons. É tempo de abrirmos um pouco a mentalidade musical e percebermos que há muitos bons músicos em Portugal. Penso apenas que devemos melhorar o handicap que temos. Temos de ser os primeiros a apoiar o que de bom se faz no nosso país, porque não é só lá fora que há boa música.
E o que achas dos sites de música em Portugal?
Acho que todos os instrumentos que possam ajudar, apoiar, divulgar o que temos de melhor ou de novo, só merecem todo o nosso apoio.
8) Se fizéssemos uma viagem de carro com Joana França que discos seriam obrigatórios tocar?
Emeli Sandé, Adele, Amy Winehouse e sem dúvida Sarah Bareilles.
Se tivesses que eleger um festival como sendo o teu festival de eleição, qual escolherias? E porquê?
Rock in Rio. Em primeiro por todo o espirito do festival e porque adoro ter a possibilidade de escolha de estar no Palco Mundo e ver bandas e cantores sensacionais, mais conhecidos, e poder ainda passar para o Palco Vodafone e perceber que há bandas novas também magníficas.
Qual o sonho que te falta cumprir?
Ser mãe e poder viver do que amo fazer.

Gostaríamos que partilhasses um pensamento com os nossos leitores…

Deixo vos um pouco da letra do Try que adoro e que me define. Acredito que se assim vivêssemos seria muito melhor: “Don’t just look to yourself. Can you look aroud you?”

 

 


Editor de música Jorge Medeiros tenta saber e dizer algo sobre cultura do Mundo. Vive principalmente de radio e da sua fina cabeça, também da internet e do seu site de musica.

Comentários fechados