Marco Santos: Jazz em Portugal

Publicado em 10 Maio, 2014 Por...Jorge Silva Medeiros » Musica

Ode Portrait” de Marco Santos é um retrato poético, resultado de vários confrontos e perspectivas da íntima relação que o compositor estabelece com a música e com a vida. Acompanhado por músicos de excelência, Marco Santos apresenta em Portugal (depois do sucesso da edição na Holanda) o seu trabalho, “Ode Portrait”, constituído por composições originais, que tentam estabelecer uma relação mais próxima entre músicos e a audiência.
Marco Santos (composição, bateria e electrónica) é acompanhado por Laurens Hoppe (piano), Rui Silva (guitarra) e Boris Oud (contrabaixo).
Marco Santos é percussionista, baterista e compositor. Nascido em Portugal em 1981, encontra-se actualmente a estudar e a trabalhar na Holanda.  Viajando por todo o mundo em concertos e dando workshops, ele apresenta-se como freelancer, músico/compositor trabalhando com vários projectos em vários estilos, partilhando a sua profunda devoção e paixão pela música.
Fez a sua primeira Licenciatura em percussão clássica na Escola Superior de Música de Lisboa (2006). Depois de alguns anos a trabalhar em Portugal com vários projectos musicais, encenadores (Rui Horta, Fernanda Lapa) e canta-autores (João Afonso, Ana Firmino, Sara Tavares, Carlos Barreto), e também como professor, foi para a Holanda, onde fez a sua segunda licenciatura em bateria de jazz no Conservatório Real de Haia (2011), e mestrado na Escola de renome internacional de Roterdão (CodArts) na área de composição, percussão e bateria (2012).
Desde que vive na Holanda, tem tocado e viajado como freelancer com vários músicos e projectos dentro de vários estilos musicais, onde ganhou algumas competições de Jazz e várias nomeações. Nos últimos anos, o seu foco tem sido desenvolver a sua “voz” como músico e compositor, tendo gravado recentemente o seu primeiro disco de originais, “Ode Portrait”, que edita e apresenta ao vivo agora em Portugal.
Datas da digressão “Ode Portrait”
15 de Maio – Castelo Branco
18 de Maio  – Casa da Música do Porto
20 de Maio – Hot Clube Portugal
23 de Maio – Salão Brazil – Coimbra
25 de Maio – Clube Ferroviário (Lisboa)
Reviews “Ode Portrait”
sergejulien.nl – by Serge Julien:
“It shows musical and creative craftsmanship that can be heard in every way. No weak moments. Through “Ode Portrait” Marco Santos takes you on a thrilling and emotional adventure that captivates from the first to the last second. Impressive!”
Written in Music – by Rik van Boeckel:
“One of the best compositions for me is Reset, with very ingenious percussion by Santos but the other musicians shine as well! (…) All in all, this is a strong debut of Marco Santos and I am curious about what he will bring in the future.”
Jazzism – by Ken Vos:
“…specially strong melodically… …The music of this band is best described as post-modal jazz with an open character…”

 

 


Editor de música Jorge Medeiros tenta saber e dizer algo sobre cultura do Mundo. Vive principalmente de radio e da sua fina cabeça, também da internet e do seu site de musica.

Comentários fechados