Bizarra Locomotiva convidados especiais dos Moonspell

Publicado em 22 Março, 2015 Por...Mafalda Matos » Slider

bi

Os Moonspell irão contar com os Bizarra Locomotiva como convidados especiais no Coliseu de Lisboa. O concerto, que tem data marcada para dia 27 de março de 2015, receberá em palco, antes da atuação dos Septicflesh, o grupo português de metal industrial. Os Bizarra Locomotiva vão apresentar o seu mais recente disco de estúdio,  “Mortuário”, com uma atuação que promete deixar a sala lisboeta em alvoroço.
A digressão de apresentação do novo disco dos Moonspell, “Extinct”, que conta com duas datas em Portugal, está a ser um sucesso por todos os países por onde passa, contando já com quatro concertos esgotados na Bélgica, Alemanha, França e no Porto, no Hard Club. O 11.º disco de estúdio do grupo, lançado no passado dia 06 de março, encontra-se nos principais TOP europeus, de referir Portugal em N.º1, tendo ainda integrado lugares cimeiros na Suíça, Alemanha, Finlândia, Áustria, Bélgica, Holanda e França.
Os Moonspell vão apresentar o novo disco de originais, “Extinct”, com dois concertos, em Lisboa e no Porto. A banda liderada por Fernando Ribeiro, vai subir ao palco do Coliseu dos Recreios no próximo dia 27 de março e no dia seguinte, 28 de março, o grupo ruma ao Porto, para uma atuação no Hard Club. Os Septicflesh são a banda responsável pela primeira parte de ambos os espetáculos.
Com mais de 20 anos de carreira, os Moonspell contam no seu currículo com 10 álbuns de originais, um DVD, um disco ao vivo e várias digressões e concertos que reuniram milhares de fãs por toda a Europa, Ásia, América e África. Provas contundentes do seu sucesso são os prémios que aglomeraram ao longo dos anos, entre os quais um prémio MTV, um disco de Ouro e três discos de Prata. Nestas duas décadas os Moonspell assumiram-se perante o público e a crítica com uma das forças motrizes mais respeitadas do Metal Gótico mundial, tornando-se na banda Portuguesa mais internacional de sempre.
“Extinct” traz de volta o ambiente rock obscuro, enchendo os ouvidos de uma emoção negra, quase desesperada mas redentora, que não deixará os fãs indiferentes.  Os autores desta lição são os lobos, os Moonspell, dos últimos pioneiros do estilo ainda em actividade plena, contemporâneos dos grandes nomes que se foram extinguindo, e capazes de vender a alma ao lado negro com cada disco que escrevem e editam. Foi produzido por Jens Bogren (Katatonia, Amon Amarth, Opeth and Paradise Lost) no ilustre Fascination Street Studio, entre Estocolmo e Orebro. O novo trabalho do grupo estará disponível nos formatos Mediabook, jewelcase, edição limitada de luxo e LP (vinil).

 

 

 

 

 

Comentários fechados